Condenado por mandar matar Eliza Samudio, Bruno faz propaganda de canil em rede social

Ex-goleiro do Flamengo foi condenado por mandar matar Eliza Samudio e dar os restos mortais para cachorros

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2020 16h51 - Atualizado em 24/06/2020 16h51
Reprodução/InstagramBruno Fernandes, condenado por mandar matar Eliza Samudio, fez propaganda de canil

O ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza, condenado por mandar matar a amante Eliza Samudio, fez um post no Instagram nesta terça-feira (23) promovendo um canil na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, e recebeu críticas nas redes sociais.

Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão por planejamento e participação no sequestro e assassinato de Eliza Samudio, em 2010. O casal teve um filho, Bruno Samudio. De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, onde aconteceu o crime, a modelo foi esquartejada e teve o corpo dilacerado por cachorros a mando do ex-jogador de futebol. Até hoje, os restos mortais de Eliza não foram encontrados.

Nas redes sociais, internautas criticaram o canil por utilizar Bruno como garoto-propaganda pelo fato do corpo de Samudio ter sido dilacerado por cachorros.

No Facebook, o canil fez um post de agradecimento ao ex-goleiro. “Agradecemos ao Bruno e a sua esposa pela grande visita ao nosso canil hoje… Foi muito produtivo nosso encontro”, diz o texto.

Bruno Fernandes de Souza está no regime semiaberto desde julho de 2019.