Governador do Pará afirma que queda de ponte deixou 5 desaparecidos

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2019 15h02 - Atualizado em 06/04/2019 15h18
ReproduçãoPrejuízos, segundo o governo, giram em torno de R$100 milhões e obras podem demorar cerca de um ano

O governador do Pará, Hélder Barbalho, anunciou que cinco pessoas ficaram desaparecidas após a queda de uma parte da ponte que cruza o rio Moju, próximo ao município de Acará. O trecho da estrutura, com cerca de 200 metros, caiu na madrugada deste sábado (6) após uma balsa colidir com um dos pilares centrais de sustentação.

Segundo o governador, os desaparecidos são tripulantes da balsa. Eles serão procurados pelos Corpo de Bombeiros do estado com radares e mergulhadores. Barbalho ainda afirmou que dois carros teriam caído na água com o rompimento do trecho. A ponte faz parte do complexo Alça Viária, que liga várias regiões do Pará.

“É um dia triste, com esse episódio lamentável. Neste momento, a nossa prioridade é agilizar as buscas pelas vítimas e dar total apoio às suas famílias”, disse o governador.

Barbalho ainda avaliou que o choque teria sido causado pela cheia do rio, que teria impulsionado o impacto da balsa com os pilares. Ele também afirmou que o governo vai acionar judicialmente a empresa proprietária do veículo.

As bases de sustentação da ponte serão avaliadas para constatar o nível das avarias. Os prejuízos, segundo o governo, giram em torno de R$100 milhões e as obras para retomar o tráfego podem demorar cerca de um ano.

A estrutura fica localizada na Rodovia PA-483, que sofreu avarias por constantes choques de embarcações e estava em reparos há cerca de dois meses.

Com Agência Brasil