Governador do Rio quer redução de benefícios para traficantes

  • Por Agência Brasil
  • 17/08/2015 15h51
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, após reunião com o Ministro da Fazenda, Joaquim Levy. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)Luiz Fernando Pezão

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, defendeu mudanças nas leis que punem crimes praticados por traficantes de drogas e de armas, além de milicianos. Ele quer a redução de benefícios para os presos, principalmente para os envolvidos em assassinatos, tráfico de drogas e milícias.

Pezão se reuniu na manhã desta segunda-feira com deputados federais e senadores da bancada do estado no Congresso Nacional. Eles conversaram sobre emendas e projetos de leis que possam permitir avanços nas áreas da saúde, educação e segurança pública.

O governador pediu também apoio da bancada fluminense a fim de atrair investimentos para o estado e a destinação de emendas parlamentares voltadas para as áreas de saúde, segurança e mobilidade urbana.

Outra preocupação do governo do Rio diz respeito à situação financeira do estado e da geração de empregos. Pezão busca alternativas para a continuação de grandes obras e que geram emprego, como a que envolve a construção de Linha 3 do metrô, que ligará Niterói a Guaxindiba.

O governador defende investimentos no modelo de parceria público-privadas, para obras de saneamento básico na Baixada Fluminense e a leste do estado (São Gonçalo e Itaboraí), projetos que vão beneficiar 5 milhões de pessoas.

Entre os parlamentares presentes ao Palácio Guanabara, estavam o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha  (PMDB), o senador Marcelo Crivella (PRB), os deputados federais Chico Alencar (PSOL), o líder da bancada Hugo Leal (PROS) e Alessandro Molon (PT).