Governador e ex-governador da Paraíba são alvos de Operação da PF

  • Por Jovem Pan
  • 17/12/2019 11h29 - Atualizado em 17/12/2019 11h34
Reprodução/TV GloboContra João Azevêdo foram expedidos apenas mandados de busca e apreensão no Palácio do Governo e em sua residência oficial

O atual governador da Paraíba, João Azevêdo, e o ex-governador Ricardo Coutinho foram alvos de uma Operação da Polícia Federa, chamada de “Calvário – Juízo Final”, que combate uma organização criminosa suspeita de desviar mais de R$ 134 milhões de serviços relacionados a saúde e educação.

A ação aconteceu na manhã desta terça-feira (17). Além das autoridades do Estado, conselheiros do TCE, deputadas estaduais, prefeita e servidores também são investigados. A lista dos que estão com a prisão preventiva decretada contém 17 nomes – e 54 são alvos de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Federal, Ricardo Coutinho está fora do Brasil e não havia sido preso até 10h40. Foi solicitado, pela corporação, a inclusão de seu nome na lista procurados da interpol. Já contra João Azevêdo foram expedidos apenas mandados de busca e apreensão no Palácio do Governo e em sua residência oficial.

Resposta

Até 11h a assessoria de imprensa do Governo do Estado não havia se manifestado. O PSB, partido de grande parte dos alvos, afirmou que não vai emitir nota sobre o ocorrido. O TCE afirmou que ainda não tem um posicionamento sobre a investigação. Já em relação ao município do Conde, a manifestação só deve ser liberada após acesso a mais detalhes do caso.