Governo anuncia que SP terá mais 247 escolas com ensino integral em 2020

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2019 09h56 - Atualizado em 16/12/2019 14h11
Governo de SPO governador de São Paulo, João Doria

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira (13) o aumento do número de escolas em nível integral no Estado. Em entrevista coletiva, Doria e o Secretário da Educação, Rossieli Soares, afirmaram que no ano que vem mais 247 escolas paulistas terão ensino integral.

Atualmente, 417 escolas da rede estadual integram o Programa de Ensino Integral (PEI). Se o anúncio for cumprido, São Paulo vai ter mais de 600 escolas de ensino integral.

Rossieli Soares afirmou que esse aumento faz parte dos principais objetivos da gestão Doria frente ao governo. “Para a gente alcançar aquilo que a gente mais deseja, que é garantir aprendizagem de qualidade olhando pra aquilo que dá certo, educação em tempo integral, mas não só aumentando o tempo, mas fazendo como uma metodologia que funcione, é fundamental”.

As escolas interessadas em aderir ao PEI devem ter mais de 12 salas de aula e avaliação do grau de vulnerabilidade sócio-econômica das comunidades atendidas.

De acordo com o secretário da Educação, a universalização do ensino integral em todas as escolas no Estado demanda esforço, mas é possível. “A nossa intenção é deixar o planejamento para que São Paulo tenha entre 12 e 15 anos a universalização do ensino integral. Isso é possível, mas precisa de um esforço monstruoso e união da sociedade.”

Segundo Soares, a grade curricular dos alunos de ensino integral vai contar com atividades extracurriculares, professor tutor e programas culturais. Nesse ano, de conforme o governo, 545 escolas manifestaram interesse em aderir ao PEI.

* Com informações do repórter Leonardo Martins