Governo cancela nomeação de Dante Mantovani para a Funarte

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2020 19h44
Reprodução / Youtube O maestro Dante Mantovani

O governo voltou atrás e cancelou a nomeação de Dante Mantovani como novo presidente da Funarte (Fundação Nacional das Artes).

Em publicação em edição extra do Diário Oficial da União na tarde desta terça-feira (5), assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto, a portaria desta madrugada que nomeou Mantovani foi tornada sem efeito.

Mantovani foi demitido no mesmo dia 4 de março em que Regina Duarte assumiu a Secretaria Especial da Cultura no governo do presidente Jair Bolsonaro. Regina já havia anunciado a exoneração dele e de outros nomes da secretaria no dia anterior à posse.

A primeira nomeação do maestro havia sido no dia 4 de novembro do ano passado, quando foi exonerado o pianista Miguel Angelo Oronoz Proença, ainda na gestão do antecessor de Regina, Roberto Alvim, demitido na sequência após fazer discurso com apologia ao nazismo.