Governo pode assumir construção da linha 6-Laranja do Metrô, diz secretário

  • Por Tiago Muniz/Jovem Pan
  • 24/02/2018 10h59
Eduardo Saraiva/ A2IMGDe acordo com nota divulgada pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos em fevereiro, a execução das obras já atingiu 15% do total

O Governo de São Paulo admite mudar o tipo de concessão da futura linha 6-Laranja do Metrô e assumir a construção do ramal.

O secretário estadual dos transportes metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, falou a respeito da possibilidade neste sábado (24) em entrevista coletiva após vistoria das obras da estação Congonhas da linha 17-Ouro do Metrô na Zona Sul da capital paulista.

O futuro da linha 6-Laranja ficou em aberto depois que a empresa China Railway Engineering Corporation Ltd. (CREC) desistiu de comprar a concessão de construção e operação do ramal no começo do mês.

A empresa chinesa se associaria com a japonesa Mitsui e com o grupo brasileiro Ruas para tomar o lugar do consórcio Move São Paulo, formado por Queiroz Galvão, Odebrecht e UTC.

Como isso não aconteceu, o Metrô deve decretar a caducidade do contrato que previa que o consórcio privado construísse e operasse a linha. Agora, o secretário diz que é possível que o Estado assuma as obras do ramal.

“Nós podemos avaliar se nós vamos continuar fazendo um projeto de concessão integral ou em partes. Em vez de que o concessionário faça tudo, nós podemos fazer a obra. Vamos avaliar o que é mais conveniente”, afirmou Clodoaldo Pelissioni.

De acordo com nota divulgada pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos em fevereiro, a execução das obras já atingiu 15% do total.

O prazo atual de entrega da linha 6-Laranja do Metrô é novembro de 2021, o que dificilmente será mantido com a decretação da caducidade do contrato.

O ramal deverá ligar a região de Brasilândia, na Zona Norte da capital paulista, até a estação São Joaquim, na região central de São Paulo, em quinze estações. O trecho é conhecido como “linha das universidades”, uma vez que passará por seis instituições de ensino superior pelo caminho.