Grupo anti-Renan ameaça esvaziar Senado caso não haja votação aberta para presidência

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2019 18h50
Edilson Rodrigues/Agência SenadoSenadores eleitos e reeleitos em outubro tomam posse nesta sexta-feira

Senadores contrários à candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL) para a presidência da Casa admitiram nesta quinta-feira (31) que podem esvaziar sessão de sexta (1º) e inviabilizar a eleição caso não dê certo a estratégia de realizar o pleito com voto aberto.

A ideia partiu de oito postulantes ao cargo que podem disputar com Renan, caso ele seja escolhido pela bancada do MDB ou lance candidatura avulsa. O regimento interno do Senado Federal prevê voto secreto para a escolha da Mesa Diretora.

“Pré-candidato”, o senador José Reguffe (sem partido-DF) confirmou essa possibilidade a jornalista, mas disse acreditar que a medida não vai ser necessária. “Acho que a gente tem maioria. O Brasil quer o voto aberto e a eleição em dois turnos.”

Se a eleição for adiada na abertura dos trabalhos da nova legislativa, ela poderá acontecer no fim de semana ou na próxima segunda-feira (40. O grupo se reuniu nesta tarde para definir uma estratégia para enfraquecer a candidatura de Renan.

*Com informações do Estadão Conteúdo