Guaidó fará excursão pela Venezuela para reivindicar poder de Maduro

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2019 18h53
Rayner Peña / EFEOpositor teve o palanque desmontado e precisou usar um megafone para se dirigir ao público na concentração deste sábado (9)

O autodeclarado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, anunciou neste sábado (9) que fará uma excursão pelo país que terminará com uma grande manifestação na capital, Caracas, para reivindicar o poder local.

“Vamos, toda a Venezuela a Caracas, porque precisamos de todos unidos. Neste momento anuncio meu percurso por toda a Venezuela para trazê-los a Caracas e conseguir o objetivo”, disse o opositor em uma concentração com seus seguidores no sudoeste da capital.

Guaidó afirmou que dará informações sobre as visitas aos mais de 20 estados da Venezuela com pouca antecedência para evitar que o “tranquem” nas vias. “E depois anunciaremos, então, a data quando viremos todos juntos a Caracas para exercer nossa possibilidade (de tomar o poder)”, acrescentou.

Mais cedo, dezenas de policiais tentaram dispersar a manifestação com gás lacrimogêneo e cordões de isolamento que impediam os opositores de se aproximarem da avenida Victoria, na capital. A via concentrava a maior parte dos manifestantes contrários ao ditador Nicolás Maduro.

Guaidó teve que usar um megafone para se dirigir às milhares de pessoas que estavam desde o início da manhã na concentração, depois que a polícia desmontou durante a madrugada um palanque no qual o político faria seu discurso.

EFE