Guardia: Reforma de PIS/Cofins e tributos para empresas foi encaminhada a Paulo Guedes

  • Por Jovem Pan
  • 28/11/2018 14h34 - Atualizado em 28/11/2018 14h37
Marcos Corrêa/PRGuardia participou do "conselhão" nesta quarta, ao lado do presidente Michel Temer

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que encaminhou propostas de mudanças tributárias ao sucessor, Paulo Guedes. Entre as medidas que vinham sendo estudadas pelo governo estão a reforma do PIS/Cofins e a redução do Imposto de Renda para empresas.

“Precisamos de uma reforma tributária para simplificar, reduzir custos e aumentar a competitividade”, disse, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), em Brasília, nesta quarta-feira (28).

De acordo com Guardia, a eventual perda de arrecadação com as mudanças poderá ser compensada com a revisão de benefícios tributários concedidos, que representam 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do País e destacou a necessidade de abertura comercial.

“O Brasil ainda tem a economia fechada, é preciso importar e exportar mais”, indicou, após ressaltar a importância da redução de alíquotas de importação de forma gradual, à medida em que avancem reformas que culminem no aumento de produtividade empresarial.

*Com informações do Estadão Conteúdo