Guedes ainda não foi notificado sobre possível investigação de jornalista, diz assessoria

  • Por Jovem Pan
  • 07/07/2019 15h02
Jovem PanTCU quer saber se o Coaf, ligado à pasta da Economia, está analisando a movimentação financeira de Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil

A assessoria do ministro Paulo Guedes afirmou, neste domingo (7), que o chefe da Economia ainda não foi notificado pelo Tribunal de Contas da União para responder sobre uma possível investigação do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) contra o jornalista Gleen Greenwald.

O TCU quer saber se o órgão, ligado à pasta de Guedes, está analisando a movimentação financeira de Glenn, integrante do site The Intercept Brasil. O jornalista é responsável pela divulgação de supostas mensagens envolvendo o então juiz Sergio Moro e procuradores da Operação Lava Jato.

Na sexta-feira à noite, o ministro do TCU Bruno Dantas deu um prazo de 24 horas para que Guedes esclareça o assunto ao tribunal. No entanto, esse prazo só deve começar a correr nesta segunda-feira (8). “Nós teremos prazo para responder após a notificação. A informação que temos é que ainda não houve expedição da notificação”, disse a assessoria da Economia.

O despacho de Bruno Dantas foi motivado por representação proposta pelo subprocurador-Geral do Ministério Público de Contas (MP/TCU), Lucas Rocha Furtado. O entendimento da representação é de que a suposta investigação teria como motivação intimidar o jornalista, mediante perseguição e abuso de poder, resultando em mau uso de recursos públicos. O despacho do ministro Bruno Dantas também dá 24 horas para que o presidente do Coaf, Roberto Leonel de Oliveira Lima, se manifeste.

Estadão Conteúdo