Morre o ex-senador e governador de Alagoas Guilherme Palmeira, aos 81 anos

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2020 16h15 - Atualizado em 04/05/2020 16h17
José Cruz/Agência SenadoGuilherme Palmeira morreu nesta segunda-feira (4)

O político alagoano Guilherme Palmeira morreu na madrugada desta segunda-feira (4), aos 81 anos, em Maceió, vítima de um câncer no pâncreas. Ele foi senador e governador de Alagoas e era pai de Rui Palmeira, atual prefeito de Maceió.

Palmeira nasceu em Maceió em 25 de dezembro de 1938. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro, ele foi governador de Alagoas entre 1979 e 1982 e prefeito de Maceió entre 1989 e 1990. Além disso, foi eleito três vezes deputado estadual pela ARENA em 1966, 1970 e 1974

No Senado, Palmeira exerceu dois mandatos, de 1983 a 1989 e de 1991 a 1999. Posteriormente foi ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e chegou a vice-presidente do órgão, onde se aposentou em 2008.

O ex-senador deixa esposa, Susana Palmeira, dois filhos, Solange Palmeira, servidora do Senado, e Rui Palmeira, e quatro netos.

Em nota oficial, o DEM lamentou a morte de Guilherme Palmeira. Ele foi presidente do PFL, partido que originou a sigla. Leia abaixo:

É com profundo pesar que a Executiva Nacional do Democratas recebe a notícia do falecimento de Guilherme Palmeira. Fundador da Frente Liberal, Palmeira ajudou a escrever a história do então PFL, partido que presidiu em 1986, e segue como exemplo de competência e seriedade para nossos membros.

O ex-governador de Alagoas exerceu a política de maneira admirável, se tornando um dos grandes nomes de sua geração, principalmente pelo trabalho de articulação desenvolvido à época da redemocratização do Brasil.

Em sua vida pública, Guilherme Palmeira sempre demonstrou empenho e dedicação como senador, deputado estadual, ministro do Tribunal de Contas da União e prefeito de Maceió. Palmeira também valorizou o diálogo e o equilíbrio na vida política, atuando como um verdadeiro democrata.

Nossos sinceros sentimentos a todos os familiares e amigos.

*Com Agência Senado