Homem é preso por mostrar órgão sexual a crianças e liberado em menos de 24 horas

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2019 14h41
Flickr Em 2005, ele já havia sido acusado de crime parecido, mas não foi penalizado

Élcio Luiz Baptista, técnico de informática de 34 anos, foi preso no bairro Campo Grande, na zona sul de São Paulo, na tarde da última quinta-feira (4), por importunação sexual. Ele foi filmado por câmeras de segurança da rua tirando a calça e mostrando o órgão sexual a duas meninas, uma de 7 e outra de 8 anos, que brincavam na garagem de casa.

O caso foi registrado no 99º DP Campo Grande. Pelo número da placa da moto com a qual ele havia chegado ao local, a polícia localizou seu endereço residencial e o prendeu em flagrante. Ele confessou o crime. Nesta sexta-feira (4), no entanto, participou de audiência de custódia, pagou fiança de R$ 1.996 e foi liberado.

Em 2005, o homem já havia sido acusado de crime parecido, mas não foi penalizado. A lei que torna crime a importunação sexual, com pena prevista de 1 a 5 anos de prisão, foi sancionada em setembro do ano passado.

*Com Estadão Conteúdo