Homem se enforca após estuprar mulher e matar outra a tiros em São Carlos (SP)

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2019 20h14 - Atualizado em 26/02/2019 20h17
Reprodução/São Carlos AgoraAutor dos crimes era usuário e traficante de drogas

Um homem matou a sete tiros uma mulher após ter estuprado outra na manhã desta terça-feira, 26, em São Carlos, no interior de São Paulo.

Depois de cometer o assassinato, Dario Rogério Staine, de 35 anos, usou uma corda para se enforcar numa árvore na mesma região da cidade.

A Polícia Civil informou que ele era obcecado pela vítima dos disparos, Elis Cristina Silva da Costa, de 34 anos. Eles teriam tido um breve relacionamento, mas ele não aceitou o término.

O delegado Gilberto de Aquino, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), disse que uma mulher saiu para levar o marido ao trabalho e, ao retornar, foi atacada pelo suspeito. A vítima foi socorrida e levada para a Santa Casa.

Os vizinhos ouviram os disparos de Staine na casa de Elis e o viram se enforcar no terreno de uma universidade.

Ainda segundo o delegado, uma moradora viu o corpo e foi avisar Elis. Ao entrar na casa, deparou-se com o corpo caído e acionou a Polícia Militar. No celular da vítima, o policial encontrou diálogos em que Staine, que era traficante e usuário de drogas, insistia em retomar o relacionamento.

A mulher que foi atacada antes reconheceu Staine como autor do crime sexual, cuja investigação está a cargo da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Segundo o delegado responsável, embora o acusado da prática dos dois crimes tenha se matado, as investigações vão prosseguir para que todas as circunstâncias do caso sejam esclarecidas.

A arma usada no crime, considerado feminicídio, não tinha sido localizada até o fim desta tarde.

*Com informações do Estadão Conteúdo