Goiás: Hospital de campanha começa a funcionar em Águas Lindas

  • Por Jovem Pan
  • 05/06/2020 09h28
ALEXANDRE BRUM/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOO governo federal, responsável pela construção que custou R$10 milhões, também será responsável pelo aluguel e a manutenção da estrutura física do hospital

O Hospital de Campanha (HCamp) de Águas Lindas, em Goiás, começa a funcionar nesta sexta-feira (5) para atender exclusivamente pacientes com a Covid-19 na região do entorno do Distrito Federal. O presidente Jair Bolsonaro e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado participam da entrega da unidade.

O hospital terá 200 leitos de internação, dos quais 190 de enfermaria e 10 de unidade de terapia intensiva (UTI), com rede de gás instalada. Essa rede, os geradores elétricos e camas foram adquiridos com recursos do Ministério da Saúde. Segundo a Secretaria de Saúde de Goiás, a estrutura permite ampliar o número de leitos de UTI conforme a necessidade.

O governo federal, responsável pela construção que custou R$10 milhões, também será responsável pelo aluguel e a manutenção da estrutura física do hospital. Custos com insumos e equipes da unidade, que 263 colaboradores, serão pagos pelo governo de Goiás.

A Secretaria de Saúde informa que já enviou dez ventiladores pulmonares para a unidade. O hospital de campanha dispõe de tomógrafo computadorizado e laboratório clínico para a realização de exames.

O acordo de cooperação entre os governos federal e de Goiás prevê o funcionamento do HCamp por quatro meses, podendo ser prorrogado. A assinatura do acordo é de 22 de maio. Inicialmente, a estimativa era de que as obras do hospital fossem concluídas em abril.

*Com informações da Agência Brasil