Israel contradiz Heleno e anuncia que Brasil abrirá escritório diplomático em Jerusalém

  • Por Jovem Pan
  • 31/03/2019 13h23
Alan Santos/PRO presidente Jair Bolsonaro se encontrou com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, neste domingo (31)

O Brasil abrirá um escritório diplomático em Jerusalém como extensão da embaixada em Tel Aviv, anunciou neste domingo (31) o ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, durante a visita oficial que o presidente Jair Bolsonaro iniciou neste domingo em Israel.

“Obrigado por abrir um escritório diplomático em Jerusalém! Israel e Brasil são verdadeiros amigos, com valores comuns, e fortaleceremos a cooperação entre os nossos países”, escreveu Katz nas redes sociais, horas antes de Bolsonaro participar de uma entrevista coletiva com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, na qual deve ser feito o anúncio oficial.

O presidente brasileiro tinha prometido durante a campanha eleitoral, seguindo os passos dos Estados Unidos, a polêmica mudança da missão diplomática para a Cidade Santa, cuja parte oriental palestina está ocupada e anexada, em contradição às resoluções da ONU.

Contradição

O anúncio de Katz vem depois do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, descartar a possibilidade do anúncio da abertura de um escritório brasileiro em Jerusalém durante a viagem.

Em conversa com jornalistas em Israel, o general afirmou que o anúncio não estava nos planos.