‘Já falei que não existe CPMF’, diz Bolsonaro sobre volta do imposto

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2019 11h02 - Atualizado em 09/08/2019 11h40
Marcos Corrêa/PRBolsonaro negou que imposto está entre propostas

Jair Bolsonaro negou, nesta sexta-feira (9), que tem intenção de recriar a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). O presidente falou brevemente em entrevista a jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada.

“Já falei que não existe CPMF. O que ele [Paulo Guedes] quer mexer, tudo proposta, não vai depois dizer lá na frente que eu recuei, tudo é proposta”, declarou.

Bolsonaro ainda reforçou que a ideia é “simplificar”: “Nós queremos facilitar o imposto de renda, aumentar a base, acabar com algumas deduções, diminuir o imposto máximo de 27,5%, diminuir um pouco. Essa que é a ideia, facilitar”.

Reforma Tributária

O governo Bolsonaro quer apresentar texto próprio de reforma tributária para tramitação no Congresso Nacional ainda na semana que vem. A proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes, vai ser uma mescla entre os projetos que já tramitam no Congresso.

O texto do governo vai ser composto de um tripé que inclui a reforma do Imposto de Renda para pessoas físicas e jurídicas, a desoneração da folha de salários e a criação do IVA federal, um imposto único que substituirá PIS, COFINS, IPI e parte do IOF.

Paulo Guedes afirmou nesta quinta-feira (8), durante evento em São Paulo, que a intenção do governo neste momento é excluir tributos estaduais e municipais da reforma.