Jornalista brasileiro é morto com 12 tiros na fronteira do MS com Paraguai

  • Por Jovem Pan
  • 13/02/2020 08h13
ReproduçãoLeo Veras mantinha um portal de notícias na região de fronteira entre Brasil e Paraguai

O jornalista brasileiro Leo Veras foi executado por pistoleiros na região de Pedro Juan Caballero, fronteira do Brasil com o Paraguai localizada em Mato Grosso do Sul, na noite desta quarta-feira, 12. Veras estava em casa, com a família, quando foi baleado por dois homens encapuzados. Ele foi socorrido, mas morreu em um hospital da cidade.

O jornalista era conhecido em Mato Grosso do Sul pelo seu trabalho com um site policial, o Porã News, que produzia notícias sobre a região da fronteira em português e espanhol. Frequentemente ele publicava informações relacionadas ao tráfico de drogas. De acordo com a Policia Nacional do Paraguai, Leo foi atingido por 12 tiros de pistola 9mm. O promotor paraguaio responsável pelo caso, Marco Amarilla, antecipou que o jornalista vinha sofrendo ameaças.

A polícia paraguaia afirmou que fará perícias no computador e no celular da vítima. A casa onde o jornalista morava, em Pedro Juan Caballero, tinha câmeras de segurança, mas elas não estavam funcionando na hora do crime.  Policiais brasileiros e paraguaios devem trabalhar em conjunto para elucidar o crime.