Jovem chegou a hospital com machado pendurado no peito, diz médico

  • Por Jovem Pan
  • 13/03/2019 14h14
Estadão ConteúdoDois atiradores, de 17 e 25 anos, invadiram a escola estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, na manhã desta quarta-feira (13), e dispararam contra alunos e funcionários

Uma das vítimas do massacre da escola estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, chegou ao hospital com um machado cravado no peito. A informação é do médico Alcelino Mattos, que integra a equipe do hospital Santa Maria, para onde foram levadas algumas das vítimas do massacre.

Segundo seu relato, um jovem de 18 anos estava sentado em um banco da escola quando foi atingindo com um golpe de machado. “Ele ficou com o machado grudado no peito e saiu correndo. Chegou aqui no hospital com o artefato ainda pendurado, pedindo ajuda”, explica o médico.

Embora traumática, o ferimento do jovem não é o mais grave e ele não corre risco de morte. “O mais grave foi uma perfuração do tórax, que será submetido à cirurgia.”

O ataque

Dois atiradores, de 17 e 25 anos, invadiram a escola estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, na manhã desta quarta-feira (13), e dispararam contra alunos e funcionários. A Polícia Militar confirmou a morte de oito vítimas, mais os dois atiradores, que se suicidaram.

Os dois atiradores foram identificados como Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos.

As vítimas ainda não foram identificadas pela Polícia Científica, mas o comandante-geral da PM, coronel Marcelo Salles, informou que quatro são alunos e outras duas são funcionárias da escola — uma delas era coordenadora pedagógica.

Segundo o Governo de São Paulo, 23 pessoas foram atendidas, número que inclui feridos e outros que passaram mal. Duas pessoas estão em estado grave hospitalizadas na região.

Câmeras de segurança mostram que muitos alunos pularam muros e portões e conseguiram fugir quando ouviram os disparos — testemunhas falam em ao menos 15 estampidos.

A escola Raul Brasil, localizada próxima ao centro de Suzano, tem 1.066 alunos, sendo 65% cursando o ensino médio, e o restante, os anos finais do ciclo fundamental. A unidade conta com 54 professores.