AO VIVO: Mitos & Fatos: Jovem Pan organiza nesta terça fórum que discute geração distribuída de energia; assista

Especialistas debatem sobre a regulamentação da energia solar e os impactos no bolso do consumidor; evento será exibido no YouTube e no Panflix, a partir das 10h

  • Por Conteúdo Patrocinado
  • 27/04/2021 09h00 - Atualizado em 27/04/2021 10h24
Arte/Jovem Pan Arte com fundo cinza mostra o logo do Fórum Mitos & Fatos e faz convite para evento sobre geração distribuída, nesta terça-feira, 27 de abril, às 10h Fórum Mitos & Fatos - Jovem Pan Discute será realizado nesta terça-feira, 27, a partir das 10h

Você já ouviu falar em geração distribuída (GD)? É o modelo de quem gera a própria energia a partir de painéis solares e que pode se beneficiar de desconto na conta de luz. Prestes a ter sua regulamentação discutida pelo Congresso Nacional — a votação do marco legal deverá acontecer nesta semana —, a GD é tema da edição do Mitos & Fatos – Jovem Pan Discute desta terça-feira, 27, a partir das 10h, no canal Jovem Pan News no YouTube e no Panflix. O evento será mediado por Samy Dana e terá as participações de Marcelo Ramos, deputado federal (PL-AM), Sergio Souza, diretor de relações institucionais e projetos especiais da Ômega Energia, Manoel Moreira de Souza Neto, coordenador-geral de controle externo de infraestrutura do Tribunal de Contas da União (TCU), e Marcos Madureira, presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia. Há o temor de que a geração distribuída provoque um ônus para todos os outros consumidores. Quem paga esta conta? O modelo é sustentável? Esses e outros assuntos serão abordados no fórum, que terá ampla cobertura na programação da Jovem Pan.

Assista ao fórum sobre geração distribuída:

Com a proposta de apresentar temas relevantes da politica e da economia, o Mitos & Fatos já organizou painéis sobre empreendedorismo, reforma tributária, segurança digital, saúde pública e mobilidade urbana. Expuseram seus pontos de vista personalidades como o economista Henrique Meirelles, a ministra do STF Cármen Lúcia, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro e o secretário estadual de Educação de São Paulo, Rossieli Soares.