Justiça de MG bloqueia R$ 5 bilhões da Vale para cobrir medidas emergenciais e reparação de danos

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2019 18h23
Cadu Rolim - Estadão Conteúdo A decisão da Justiça mineira tem como finalidade resguardar os valores para situações de emergência e reparação ambiental

A Justiça de Minas Gerais bloqueou neste sábado (26) cerca de R$ 5 bilhões da mineradora Vale. A decisão visa garantir recursos para medidas emergenciais e reparação ambiental oriundas da tragédia em Brumadinho.

A Vale também deverá garantir a estabilidade de outra barragem no mesmo complexo em Minas Gerais, o Mina do Feijão. De acordo com o Ministério Público, existe o risco de a barragem VI também romper.

De acordo com a Agência Nacional de Mineração, a barragem de Brumadinho não apresentava pendências no âmbito documental. A Vale apresentou em três ocasiões diferentes, ao longo de 2018, declarações que atestavam a estabilidade do empreendimento que já não estava mais em uso.

A preocupação do Ministério Público é fundamentada nas ocorrências ligadas ao rompimento da barragem B1 do complexo. Quando ela rompeu, causando a tragédia, uma segunda barragem próxima transbordou devido ao acumulo de rejeitos.

Até o momento, cerca de 40 ambulâncias e 800 leitos em hospitais foram disponibilizados pela Vale.

*com informações da Agência Brasil