Justiça do Rio de Janeiro decide manter Sérgio Cabral no isolamento

  • Por Jovem Pan
  • 12/10/2018 09h10
Estadão ConteúdoA medida foi imposta ao ex-governador do Sérgio Cabral (MDB) na última terça-feira (9), quando foi encontrada uma quantia de dinheiro acima do permitido dentro da cela do emedebista

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu manter o ex-governador do estado Sérgio Cabral (MDB) na cela de isolamento, em Bangu 8. A medida foi imposta na última terça-feira (9), quando foi encontrada uma quantia acima do permitido na cela do ex-governador.

Na decisão, o juiz Rafael Estrela escreveu que “indeferiu o pedido de suspensão do isolamento porque tal ato se configuraria como supressão de poderes, desrespeitando assim a discricionalidade da autoridade da Seap, prevista na Lei de Execuções Penais”.

O dinheiro foi encontrado durante uma vistoria feita pela corregedoria da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), em uma ação conjunta com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). Ele e outro detento terão de ficar dez dias sem receber visitas e sem poder assistir televisão.

Embora o valor encontrado com Cabral não tenha sido relevado, o montante máximo que os detentos podem guardar na cela é o equivalente a 10% do salário mínimo, ou seja, R$ 95,40. Esse dinheiro pode ser usado na cantina do presídio.