“A justiça foi feita”, afirma Luiz Fernando Pacheco, advogado de José Genoino, sobre extinção de pena do petista

  • Por Jovem Pan
  • 04/03/2015 16h48

Antes de se entregarJosé Genoino

O ex-deputado federal José Genoino, condenado no julgamento do mensalão, teve sua pena extinta a partir de decisão do Supremo Tribunal Federal, nesta quarta-feira (4). Em entrevista ao repórter Tiago Muniz da Rádio Jovem Pan, o advogado de Genoino, Luiz Fernando Pacheco, não demonstrou surpresa pelo resultado.

“Era esperado, havia um parecer do procurador geral da república no sentido de que fosse extinta a punibilidade do Genoino. Foi isso que o Supremo fez. Nós recebemos com um sentimento de que foi feita a justiça, ou de que pelo menos o STF consertou uma injustiça que fez lá atrás ao condená-lo”, explicou.

Segundo Pacheco, o fato de a revogação da sentença ter acontecido de forma unânime não traz desdobramentos: “na verdade, é uma norma geral, que tem de ver a aplicação caso a caso. Não acreditávamos em uma hipótese de divergência”.

Genoino, segundo seu advogado, já está ciente da notícia. Entretanto, preferiu não entrar em detalhes sobre quais serão seus próximos passos: “ele é um homem que a vida inteira esteve dedicado à política, mas não sei sobre política partidária ou algo nesse sentido”.

Luiz Fernando ainda completou: “não há nenhuma pressa (para que Genoino deixe Brasília), mas hoje ele é um homem tão livre quanto eu, você ou qualquer outro cidadão”.