Laudo dos bombeiros é favorável para que aconteçam desfiles na Sapucaí; Justiça ainda analisa

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2019 14h32 - Atualizado em 17/04/2019 14h13
Fernando Frazão/Agência BrasilBombeiros finalizaram vistoria no Sambódromo do RJ, mas Justiça ainda aguarda demais documentos para liberar desfiles

Bombeiros finalizaram no fim da manhã desta sexta (1º) a vistoria emergencial realizada na Sapucaí. Na quinta-feira (28), a Justiça deu 24 horas para que fosse realizado um laudo liberando o Sambódromo para desfiles, que começam às 22h desta sexta. A vistoria começou por volta das 10h e terminou àss 12h20.

Segundo os bombeiros, não há impedimentos para a realização do evento, entretanto existem pendências de “documentação por parte do responsável legal da Sapucaí, como Anotações de Responsabilidade Técnica de instalações elétricas e estrutura “, divulgou a corporação em nota.

Apesar da autorização dos bombeiros, a liberação da Sapucaí não é automática pois ainda depende de decisão da Justiça, que, além do laudo técnico, solicitou a Riotur e a Liesa um termo de responsabilidade pela segurança da festa. Os desfiles só estarão confirmados, de fato, após a autorização judicial.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) que entrou com uma ação nesta quinta-feira (27), junto à 1ª Vara de Fazenda Pública da Capital, solicitando que o Sambódromo da Marquês de Sapucaí fosse interditado até que a Justiça obtivesse os laudos dos bombeiros garantindo a segurança do local para os desfiles.

Abaixo, leia a nota dos bombeiros na íntegra:

“O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) informa que, por determinação judicial e como já previsto no cronograma de grandes eventos da corporação, realizou, na manhã desta sexta-feira (01), vistoria prévia no Sambódromo com fins de subsidiar a decisão sobre a concessão de uma autorização especial.

A corporação esclarece, ainda, que entregará o laudo técnico às autoridades do Judiciário, adiantando que, no momento, não se opõe à realização do evento. No entanto, há pendência de documentação por parte do responsável legal da Sapucaí, como Anotações de Responsabilidade Técnica de instalações elétricas e estrutura (que são pareces de Engenharia e Arquitetura), por exemplo. O CBMERJ reforça que atua conforme legislação vigente. Em março de 2018, a corporação notificou a Riotur para legalização do espaço no que diz respeito à segurança contra incêndio e pânico.

Durante os dias de desfiles, o Corpo de Bombeiros estará presente no local com cerca de 200 militares, além de viaturas de atendimento pré-hospitalar e de combate a incêndio, como parte da tradicional Operação Carnaval da instituição para reforçar a segurança no local”.