Lava Jato: PF prende ex-secretário nacional de Justiça e outras 7 pessoas

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2020 08h24 - Atualizado em 05/03/2020 08h39
Divulgação/PFA ordem foram expedidas por Marcelo Bretas, juiz da 7ª Vara Federal. A corporação faz ainda buscas em 32 endereços

Em nova fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (5), no Rio de Janeiro, Astério Pereira dos Santos, ex-secretário nacional de Justiça do governo de Michel Temer após denúncias por envolvimento em propinas e lavagem de dinheiro.

Segundo informações do Ministério Público Federal, Astério e outras 14 pessoas foram denunciadas por envolvimento em pagamento de propinas a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) e de lavagem de dinheiro através de contratos na Secretaria estadual de Administração Penitenciária. Até às 7h25 desta quinta-feira (5), sete pessoas tinha sido presas, informou a PF.

A ordem foram expedidas por Marcelo Bretas, juiz da 7ª Vara Federal. A corporação faz ainda buscas em 32 endereços.

Procurador de Justiça aposentado, Astério também foi secretário de Administração Penitenciária entre 2003 e 2006, durante a gestão de Rosinha Garotinho.

*Com informações do Estadão Conteúdo.