Líder de organização criminosa do Brasil é preso no Paraguai

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2020 12h41
Ministério Público do ParaguaiMinistério Público do Paraguai anunciou a prisão de Xiru e mais dois homens

Apontado como líder da facção Primeiro Grupo Catarinense, o criminoso Guilherme Antonio Vieira, o Xiru, foi preso por autoridades paraguaias. Segundo o Ministério Público do País, o condenado por tráfico de drogas, que cumpria pena do Rio Grande do Sul, foi detido com dois outros brasileiros nas proximidades da fronteira com o Mato Grosso do Sul.

A prisão foi resultado da colaboração entre os setores de inteligência das forças de segurança de Brasil e Paraguai. De acordo com a imprensa paraguaia, o Primeiro Grupo Catarinense atua no tráfico de drogas de grande escala do Peru para o Brasil. O Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV) também operam no país.

No mês passado, 70 integrantes do PCC fugiram de um presídio de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Grande parte do grupo ainda não foi recapturado.

* Com informações da EFE.