Lula: “estou tranquilo e tenho certeza absoluta que não cometi nenhum crime”

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2018 11h35 - Atualizado em 24/01/2018 11h56
WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO"O que está acontecendo comigo é muito pouco diante do que está acontecendo com milhões de desempregados neste País”, afirmou o ex-presidente na parte mais política do discurso

Em discurso que combinou afirmação de inocência e campanha pré-eleitoral, no sindicato dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo (SP), durante seu julgamento na 2ª instância da Lava Jato, em Porto Alegre, pelo caso do triplex, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quarta-feira (24): “estou extremamente tranquilo, estou com a consciência do que está acontecendo no Brasil e tenho certeza absoluta que não cometi nenhum crime”.

“A única decisão que eu espero que possa acontecer hoje é eles (desembargadores), pelo fato de não ter crime cometido, eles por 3 a 0 dizerem que o juiz Moro errou ao dar a sentença”, disse o petista. “Se vai acontecer ou não, eu não sei, mas a única coisa certa e justa que poderia acontecer no País é isso”, declarou.

O ex-presidente já previu, na fala, possível confirmação da condenação.

“Se não acontecer (a absolvição) nós temos ainda muito tempo pela para frente para tentar mostrar o equívoco, as mentiras que foram contadas contra o PT, contra o Lula nestes últimos anos”, disse.

“Eu tenho muita tranquilidade de enfrentar adversidade, eu tenho muita noção dos problemas que tenho vivendo”, disse, antes de iniciar a parte mais eleitoral da fala.

“O que está acontecendo comigo é muito pouco diante do que está acontecendo com milhões de desempregados neste País”, afirmou o ex-presidente, criticando a reforma trabalhista e a reforma da Previdência proposta pelo presidente Michel Temer. Lula disse que “eles não querem mexer no salário “do desembargador, do juiz, do delegado”, mas do “povo”.

“A única coisa que eu tenho certeza é que só no dia em que eu morrer vou parar de lutar”, afirmou ainda Lula na parte final do discurso. “Eles se preparem porque a gente vai voltar e vai transformar esse país.”

Assista trecho: