Lula: “meninos da Lava Jato têm responsabilidade na morte de Marisa”

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2017 11h43
Lula também acusou o Ministério Público de ser "subordinado" à imprensa e o juiz federal Sergio Moro de "prestar conta" aos meios de comunicação.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta segunda-feira (28) duro ataque aos procuradores da Operação Lava Jato que o denunciaram em ação no qual foi condenado pelo juiz Sergio Moro (também citado por Lula) a mais de nove anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. O caso do tríplex no Guarujá, que seria favor indevido da empreiteira OAS, ainda será julgado em segunda instância.

O petista acusou os “meninos da Lava Jato” de terem “responsabilidade” na morte de sua ex-mulher Marisa Letícia, em fevereiro, após um acidente vascular cerebral (AVC).

“Esses meninos da Operação Lava Jato têm responsabilidade com a morte dela. Eu acho que têm. Porque você não pode dedicar uma vida inteira a cuidar de filho, a fazer política de solidariedade e, de repente, da forma mais banal possível, mais cretina possível, você ser tachada de corrupta. Não tem explicação”, afirmou Lula em entrevista à rádio 95.1 FM de Currais Novos (RN) durante peregrinação pelo nordeste.

Lula acusa Moro

Lula também acusou o Ministério Público de ser “subordinado” à imprensa e o juiz federal Sergio Moro de “prestar conta” aos meios de comunicação.

“Grandes revistas nesse País e grandes canais de televisão subordinaram o Ministério Público e o juiz (Sergio) Moro presta conta para eles”, disse.

O ex-presidente voltou a exigir um pedido de desculpas. “Eles vão ter que se preparar do ponto de vista psicológico e contratar analistas para dizer: lamentavelmente nós mentimos”, declarou. “Quero ver isso antes de morrer. Quero ver eles pedirem desculpa”.

Lula ainda disse que ninguém pode desconstruir a sua imagem “de graça” e ameaçou: “ninguém pode denunciar impunemente”.

“Rabo no meio das pernas”

O petista também se comparou a “políticos corruptos” alvos da Lava Jato que não rebatem as acusações.

“Se eles estão acostumados a mexer com político corrupto que enfia o rabo no meio das pernas e fica quieto, comigo eles vão ter que provar. E eu desafio todo santo dia: quero uma prova. Quando eles provarem eu peço desculpa ao povo brasileiro”, prometeu Lula. “Tem que provar que tem algum real ilícito na minha vida”.

Lula se referiu aos cinco processos nos quais é réu e reafirmou que, caso consiga se livrar deles, vai se candidatar à Presidência em 2018.

“Eu tenho cinco inquéritos para responder. Inventaram cinco mentiras. Agora eu tenho que gastar dinheiro com advogado, perder tempo indo a Brasília e Curitiba (cidades onde responde ações penais) por causa da desfaçatez de uma banda do Ministério Público, sobretudo daquele pessoal da Lava Jato, que eu tenho desafiado eles a apresentarem um pedaço de papel higiênico me denunciando”, declarou.

“Se eu puder ser candidato, se o PT conseguir aprovar e eu me livrar desses inquéritos, eu serei candidato. Se for candidato tenho muita condição de ganhar e, se ganhar, tenho muita convicção e certeza que eu consigo resolver os problemas do Brasileiro”, discursou.

Veja a entrevista:

Entrevista para a rádio 95.1 FM de Currais Novos ‪ #LulaPeloBrasil #LulaPeloRN

Publicado por Lula em Segunda, 28 de agosto de 2017