Lutador de jiu-jitsu, filho de mulher espancada por quatro horas homenageia mãe: ‘Te amo’

  • Por Jovem Pan
  • 18/02/2019 14h22
Reprodução/InstragramMãe de atleta, Elaine Caparroz está internada em hospital no Rio de Janeiro e agressor foi preso

O filho de Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, que foi espancada por cerca de quatro horas no último fim de semana, publicou uma foto em homenagem a ela em rede social. Na postagem feita no domingo (17), ele escreveu apenas três palavras: “Te amo, mãe”.

Rayron Gracie é lutador de jiu-jitsu, assim como a tia Kyra Gracie – medalhista pan-americana no esporte. Até às 14 horas desta segunda-feira (18), a publicação feita no Instagram já reunia aproximadamente 9,3 mil curtidas e 1,2 mil comentários.

Elaine está internada em um hospital no Rio de Janeiro, onde passou por tomografia – o exame indicou fraturas no rosto. Ela havia conhecido o agressor – Vinícius Batista Serra, de 27 anos – por uma rede social, há cerca de oito meses.

De acordo com os primeiros relatos da vítima, após o primeiro encontro, eles foram para o apartamento da empresária e o suspeito pediu para dormir lá. Em certo momento, ela foi acordada já sendo agredida violentamente. Vinícius foi preso.

View this post on Instagram

Te amo mãe

A post shared by Rayron Gracie (@rayrongracie) on

Kyra Gracie

Elaine Caparroz é empresária e ex-cunhada da lutadora Kyra Gracie, que também sem manifestou após o grave crime cometido contra a amiga. “A gente nunca acha que pode chegar tão perto de nós. É uma sensação horrível, de aperto no peito, mãos atadas.”

No Instagram, Kyra ainda escreveu: “Que a justiça seja feita e a pena para esse crime tão grotesco seja dura. A sociedade e a justiça não podem mais permitir que psicopatas como esse permaneçam impunes e em convívio com a sociedade”.

A defesa de Vinícius, detido em flagrante por tentativa de homicídio, alega que ele sofreu um surto. Para a atleta, essa é uma tentativa dos advogados de conseguirem “uma pena mais branda”. A vítima continua internada, em observação.