Maia apoia PSDB na disputa à presidência e fala em ‘projeto único’

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2019 16h51 - Atualizado em 31/05/2019 16h59
Marcelo Camargo/Agência BrasilO novo presidente do PSDB, Bruno Araújo, disse que é cedo para falar sobre eleição, mas destacou que a legenda tem identidade com o DEM

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), participou da convenção nacional do PSDB nesta sexta-feira (31). Na ocasião, demonstrou apoio para que o partido concorra nas eleições presidenciais de 2022 e afirmou que deseja que as duas siglas estejam “fortes em um projeto único de geração de emprego e renda” daqui a três anos.

Após o evento, negou que estivesse falando em fusão entre eles. “Isso envolve diálogo, como a gente vem fazendo, temos muitas convergência”, disse. No entanto, defendeu que PSDB e DEM estejam juntos para primeiro “reconstruir o país” e depois “em um projeto comum com outros partidos para o futuro”.

Novo presidente 

Na convenção, o ex-deputado federal Bruno Araújo foi eleito o novo presidente nacional do PSDB, sucedendo o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin no cargo. Apoiado pelo atual governador paulista, João Doria, Araújo é o cabeça da única chapa que concorreu na disputa e terá a missão de guiar a legenda após o fracasso nas eleições do ano passado e preparar os candidatos para as eleições municipais do ano que vem.

Sobre a fala de Maia, Araújo disse que é cedo para falar sobre eleição, mas destacou que a legenda tem identidade com o DEM e que os dois estão sempre em constante diálogo. Ele também incluiu o MDB na possibilidade de uma conversa para a próxima corrida presidencial.

Previdência

Em relação à reforma da Previdência, Rodrigo Maia disse que ainda não leu o projeto apresentado pelo PL (ex-PR) para a proposta na comissão especial da Câmara, mas disse que a apresentação da emenda é importante para que os parlamentares identifiquem quais são os pontos em comum e os itens que têm divergência.

* Com informações do Estadão Conteúdo