Maia indica Freixo e Paulo Teixeira para estudar pacote anticrime de Moro

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2019 16h27
Suamy Beydoun/Estadão ConteúdoProjeto do titular da Justiça foi colocado à sombra da reforma da Previdência pelo presidente da Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), indicou os deputados Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Paulo Teixeira (PT-SP) para o grupo de trabalho que irá estudar o pacote anticrime proposto pelo ministro Sérgio Moro.

O projeto do titular da pasta da Justiça foi colocado à sombra da reforma da Previdência por Maia na último semana, o que tem gerado polêmicas entre ele e Moro.

Nesta quarta, o ministro compareceu ao lançamento da Frente Parlamentar da Segurança Pública e aproveitou para pedir aos deputados que acelerassem a tramitação do projeto.

À noite, no entanto, Maia respondeu a Moro, chamando-o de “funcionário” do presidente Jair Bolsonaro. O deputado também afirmou que o pacote seria “cópia e cola” de outro projeto do ministro do STF Alexandre de Moraes.

O GT criado pelo presidente da Câmara ainda terá a deputada Carla Zambelli, do PSL de São Paulo. A proposta de Moro altera 14 leis relacionadas ao combate de crimes como corrupção e lavagem de dinheiro.