Maia nega que crise do PSL afeta reformas: ‘Não é problema do presidente da Câmara’

  • Por Jovem Pan
  • 21/10/2019 13h51
Gilmar Félix/Câmara dos DeputadosMais cedo, nesta segunda, o deputado Delegado Waldir (PSL-GO), até então líder da bancada, admitiu a derrota para Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira (21) que a crise dentro do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, não afetará a capacidade de aprovação das reformas.

“Não (afeta) porque você tem base majoritária na Câmara que quer modernizar e reformar o Estado brasileiro, independente se o governo tem ou não base”, disse o parlamentar

Maia afirmou ainda que a disputa pela liderança do PSL na Casa “não é um problema do presidente da Câmara”. Mais cedo, nesta segunda, o deputado Delegado Waldir (PSL-GO), até então líder da bancada, admitiu a derrota para Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) – filho do presidente e que assume o posto.

“Se eles vão continuar disputando liderança ou não, é um problema do PSL. Nós continuamos com nossa agenda de modernizar a Câmara, o Estado brasileiro”, reforçou Maia.

*Com informações do Estadão Conteúdo