Mais Médicos: 1,3 mil profissionais cubanos já deixaram o Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2018 16h10
Marcos Santos/USP ImagensGoverno de Cuba encerrou parceria após declarações do presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro

Já deixaram o Brasil rumo a Cuba 1.307 profissionais que estavam vinculados ao programa Mais Médicos até esta terça-feira (27). Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), eles viajaram em sete voos fretados.

Os médicos cubanos atuavam em 16 distritos indígenas e 733 cidades de 26 estados. Por enquanto, ainda não houve saídas apenas no Acre. Outros grupos de profissionais devem deixar o País em voos marcados para os próximos dias.

Preenchimento de vagas

Com o rompimento da cooperação entre os países, o Ministério da Saúde abriu seleção na semana passada para preencher 8,5 mil vagas abandonadas pelos cubanos. O último balanço da pasta, na segunda (26), indicava que 97% delas já haviam sido preenchidas.

*Com informações da Agência Brasil