Mais Médicos: 2,2 mil vagas abertas com saída de cubanos já foram preenchidas, segundo governo

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2018 13h35
Hélvio Romero/Estadão ConteúdoMédicos cubanos devem deixar o país até 12 de dezembro

O Ministério da Saúde já preencheu 2.209 vagas abertas com a saída de cubanos do Mais Médicos. Essas inscrições de profissionais formados no Brasil já foi validada pela pasta. Balanço divulgado nesta quinta-feira (22) aponta que 6.394 pessoas já se cadastraram para a seleção, mas grande parte dos registros foi anulada por “inconsistências” em dados.

Das candidaturas efetivadas, 2.209 já apontam os locais onde os médicos desejam trabalhar. As inscrições para o programa começaram na quarta (21). O edital, com regras especiais e cronograma mais curto que o comum, foi aberto para repor vagas ocupadas por cubanos.

O governo de Cuba decidiu interromper o Mais Médicos na semana passada, em reação a declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro. Os 8.332 profissionais concentrados no País já deixaram seus postos de atuação e começaram a retornar à ilha caribenha nesta quinta. A expectativa é que todos deixem o Brasil até 12 de dezembro.

*Com informações do Estadão Conteúdo