Major Olimpio: ‘Teich ficou do lado da ciência e da medicina’

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2020 13h16
Roque de Sá/Agência SenadoMajor Olimpio falou sobre a demissão do ex-ministro da Saúde Nelson Teich

O senador Major Olimpio (PSL-SP) afirmou que o ex-ministro da Saúde Nelson Teich “ficou do lado da ciência e da medicina” ao pedir demissão do cargo, nesta sexta-feira (15).

Em vídeo enviado à Jovem Pan, o parlamentar disse que quando Teich assumiu o ministério, ele previu que o médico não ficaria 30 dias no cargo. “Ou se não vai ter que rasgar seu diploma de médico e sua biografia”, disse. “Pois Teich não quis rasgar seu diploma nem jogar fora sua história de vida. Ele ficou do lado da ciência e da medicina.”

Teich pediu demissão do Ministério da Saúde após atritos com o presidente Jair Bolsonaro em relação ao uso de cloroquina para o tratamento de pacientes da Covid-19. O presidente pediu para que o SUS mudasse o protocolo e administrasse a droga desde o início do tratamento.

Também à Jovem Pan, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse que a demissão de Nelson Teich é “uma prova cabal que o senhor Jair Bolsonaro nega a ciência, nega os fatos, nega a realidade”.

“Nós temos no governo da República um presidente que não é capaz, neste momento dramático, de liderar o país e enfrentar a pandemia”, continuou. Randolfe ainda disse que “o coronavírus tem no presidente da República o seu maior aliado”.