Major Olímpio retira candidatura à presidência do Senado

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2019 14h37
Marcos Oliveira/Agência SenadoMajor Olímpio desistiu de concorrer à presidência do Senado

O senador Major Olímpio (PSL) retirou sua candidatura à presidência do Senado, neste sábado (2). Em discurso no plenário, ele criticou a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de interferir no que foi decidido na Casa e determinar que a eleição acontecesse com voto secreto.

No discurso, o senador eleito por São Paulo afirmou que o Senado deveria desconhecer a decisão de Dias Toffoli e fazer a votação para a presidência da Casa com voto aberto.

Major Olímpio, ainda, acusou Toffoli de já estar com a decisão pronta para invalidar a sessão desta sexta-feira (1), em que os senadores escolheram fazer a eleição com voto aberto. O ministro fez o despacho às 3h45 deste sábado.

Assim como Álvaro Dias (Podemos), Major Olímpio retirou a candidatura para não pulverizar os votos contra Renan Calheiros (MDB). A expectativa é que o senador Davi Alcolumbre (DEM) consiga vencer a eleição e impeça Renan de assumir a presidência do Senado mais uma vez.