Luiz Henrique Mandetta deixa o Ministério da Saúde

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2020 16h19 - Atualizado em 16/04/2020 16h21
Frederico Brasil/Estadão ConteúdoLuiz Henrique Mandetta foi o ministro da Saúde desde o início do governo Bolsonaro

Luiz Henrique Mandetta deixou o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (16). O médico gaúcho foi demitido do cargo após conflitos com o presidente Jair Bolsonaro durante a condução da crise causada pelo novo coronavírus.

Ministro da Saúde desde que Bolsonaro assumiu o governo, em janeiro de 2019, Mandetta teve conflitos com o presidente principalmente por causa das orientações à população durante o período de crise. Enquanto Bolsonaro queria que o País voltasse a funcionar e as pessoas continuassem trabalhando, o ministro defendia o isolamento social e pediu para que os brasileiros ouvissem os governadores estaduais, que, em maioria, assumiram posição contrária a do presidente.

Em entrevista ao programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, no comeco do mês, Bolsonaro admitiu que teve conflitos com Mandetta e disse que faltava humildade ao ministro da Saúde na condução da crise do coronavírus.

Dias depois, em conversa com apoiadores, o presidente ameaçou demitir integrantes do governo e disse que a hora de quem estava aparecendo muito ia chegar, sem citar o médico em momento algum.

No último domingo (12), foi a vez do ex-ministro criar instabilidade. Em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, Mandetta criticou o presidente e o conflito das mensagens que estavam sendo transmitidas para a população para prevenção ao coronavírus, dando a entender que Bolsonaro estava atrapalhando.

Fora do governo federal, Luiz Henrique Mandetta fica, por enquanto, sem cargo público. O médico teve dois mandatos de deputado federal, entre 2010 e 2018, mas não se candidatou nas últimas eleições.