Apoiadores de Bolsonaro fazem ato contra Moro e STF em Brasília

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2020 14h54 - Atualizado em 09/05/2020 15h05
BRUNO ROCHA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOO ato ignora as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS)

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se aglomeraram em Brasília neste sábado (9) em uma manifestação que contou também com carreata pelas ruas. Com frases e cartazes de ataque ao ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Congresso Nacional, os participantes se concentraram inicialmente no gramado da Esplanada dos Ministérios.

Em cima de um trio elétrico que exibia uma faixa com a frase “STF Ditador”, alguns líderes pediram a volta do regime militar e o fechamento do Congresso. No microfone, outros pediram também a deposição de governadores.

“Força, família policial. Queremos o Exército nas ruas. Fora governadores, fora Supremo. O Brasil apoia Jair Bolsonaro. Fora Doria, fora Alcolumbre. Vocês são uma vergonha nacional. O Brasil cansou de vocês”, discursou uma manifestante.

Os líderes do movimento chegaram a afirmar, em certo momento, que os bolsonaristas deveriam “caçar” petistas infiltrados na manifestação. “Sabemos que vocês estão aqui. Vamos achá-los e entregar à polícia.”

Às 13 horas, parte deles se dirigiu ao Palácio do Planalto para esperar a chegada do presidente para saudar o ato.

O ato ignora as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS) de evitar aglomerações e manter o isolamento durante a pandemia da Covid-19.

*Com informações do Estadão Conteúdo