Marta Suplicy é vaiada durante discurso em evento da Força

  • Por Estadão Conteúdo
  • 01/05/2016 12h52
SP - 1º DE MAIO/FORÇA SINDICAL - GERAL - Marta Suplicy durante evento do dia 1º de Maio da Força Sindical, na praça Campo de Bagatelle na zona norte da cidade de São Paulo. O lema escolhido pela Força Sindical neste ano é "Gerar empregos e garantir direitos". O foco será a mudança da política econômica para gerar empregos e acabar com este sacrifício brutal que vem sendo imposto aos trabalhadores nesta crise que produziu quase onze milhões de desempregados. 01/05/2016 - Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDOMarta Suplicy é vaiada no 1º de Maio

A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) foi vaiada durante discurso no ato organizado pela Força Sindical na Praça Campo de Bagatelle, neste domingo, em São Paulo. As vaias começaram quando a peemedebista, provável candidata do partido à Prefeitura de São Paulo, foi anunciada, e continuaram durante seu breve discurso. Marta disse que “o País tem jeito” e que há “uma luz no fim do túnel”, em referência à possibilidade de o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumir a Presidência. 

“Daqui a 10 dias teremos mudanças”, disse a senadora, sobre a possível data da votação da admissibilidade do pedido de impeachment de Dilma Rousseff no Senado. Em caso de aprovação, a presidente será afastada do cargo por 180 dias, período em que o vice assume. Marta deixou o evento logo após o discurso, sem falar com a imprensa.