MEC faz caderno para explicar nova política de alfabetização

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2019 11h08 - Atualizado em 20/04/2019 11h11
Arquivo/Agência BrasilCrianças serão alfabetizadas no primeiro ano do ensino fundamental, geralmente aos 6 de idade

O Ministério da Educação (MEC) está finalizando a elaboração de um material que explicará a nova Política Nacional de Alfabetização (PNA). O caderno deve explicar as diretrizes, os princípios e os objetivos da alfabetização no primeiro ano do ensino fundamental.

A política prevê ajuda financeira da União para os municípios que aderirem ao programa, além de assistência técnica.

A ênfase da alfabetização no primeiro ano é uma das novidades. É quando geralmente os alunos completam 6 anos de idade. Em 2017, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define o mínimo que os estudantes devem aprender a cada etapa de ensino, estipulou que as crianças fossem alfabetizadas até o 2º ano do ensino fundamental, ou seja, geralmente aos 7 anos.

Pelo Plano Nacional de Educação (PNE), as crianças devem ser alfabetizadas, no máximo, até o final do 3º ano do ensino fundamental, ou seja, aos 8 anos de idade.

Elevar os índices de alfabetização é uma das prioridades do governo e a definição da política uma das metas dos 100 dias de governo. De acordo com os últimos dados da Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA), aplicada em 2016, mais da metade dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental apresentaram nível insuficiente de leitura e em matemática para a idade, ou seja dificuldade em interpretar um texto e fazer contas.

*Com Agência Brasil