Meirelles diz que governo vai avaliar se privatiza ou capitaliza a Sabesp

  • Por Jovem Pan
  • 02/01/2019 15h53
Luiz Cláudio Barbosa/Estadão ConteúdoPresidenciável derrotado, Meirelles foi "chamado" por Doria para a Fazenda estadual

O governo de São Paulo vai avaliar a privatização ou a capitalização da Sabesp, a empresa de saneamento básico paulista, segundo o novo secretário estadual da Fazenda, Henrique Meirelles (MDB). Presidenciável derrotado, ele foi empossado nesta quarta-feira (2).

De acordo com Meirelles, a decisão final depende da transformação em lei de uma medida provisória assinada em 28 de dezembro pelo então presidente Michel Temer. A medida atualiza o chamado “marco legal” do saneamento básico em todo o Brasil.

“[A lei] vai permitir analisar, de um lado, se haverá privatização ou se haverá capitalização através de abertura ao capital privado via holding da Sabesp, mantendo-se o controle público”, disse. O enxugamento da máquina é proposta do governador João Doria (PSDB).

“De qualquer maneira, são duas alternativas bastante diferentes que dependem da estrutura normativa legal do governo. E estamos aguardando”, afirmou o agora secretário e ex-ministro da Fazenda. Para ele, na “pior das hipóteses”, a capitalização renderia R$ 5 bilhões.

*Com informações do Estadão Conteúdo