Mercado ‘esconde’ corpo de trabalhador morto e mantém loja aberta em Recife

O homem, identificado pela própria rede como Moisés Santos, sofreu um infarto e morreu na última sexta (14)

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2020 08h39 - Atualizado em 19/08/2020 08h40
Redes SociaisNo Twitter, a franquia reconheceu que não fechou a loja e disse que vai revisar protocolos em casos semelhantes

Uma unidade da rede de hipermercados Carrefour, que fica no bairro Torre, em Recife, Pernambuco, manteve a loja aberta e em funcionamento após o óbito de um colaborador dentro do estabelecimento. O homem, identificado pela própria rede como Moisés Santos, sofreu um infarto e morreu na última sexta-feira (14). De acordo com informações, o óbito aconteceu por volta das 8 horas da manhã — mas o corpo só foi retirado do local às 11h, após chegada de uma equipe do Instituto Médico Legal (IML).

Enquanto isso, funcionários bloquearam o acesso ao corpo com caixas, tapumes e guarda-sóis. A imagem foi compartilhada em redes sociais após ser postada em um grupo de promotores de venda no Facebook. No Twitter, a franquia reconheceu que não fechou a loja e disse que vai revisar protocolos determinando o encerramento das atividades em casos semelhantes. “O inesperado falecimento do Sr. Moisés Santos, vítima de um infarto, foi muito triste para nós do Carrefour. Sentimos muito e, por conta do ocorrido, revisitamos os protocolos para implementar a obrigatoriedade de fechamento das lojas para fatalidades como essa”, disse a empresa em uma das postagens.