Merkel é eleita a mulher mais poderosa do mundo por revista; Dilma é 7ª

  • Por EFE
  • 26/05/2015 13h03
Merkel e Dilma 050312

A chanceler alemã Angela Merkel lidera pelo quinto ano consecutivo a lista das cem mulhares mais poderosas do mundo elaborada pela revista Forbes, na qual a presidente Dilma Rousseff aparece na sétima colocação e em primeiro na região da América Latina.

Merkel, que no total liderou em dez ocasiões a classificação, continua à frente da lista publicada nesta terça-feira pela revista americana, que destaca sua vitória eleitoral em dezembro, sua gestão da crise e sua política externa.

Para a Forbes, só há uma mulher que no próximo ano poderia arrebatar o primeiro posto da chefe do governo alemão, a pré-candidata democrata à presidência dos EUA Hillary Clinton.

A ex-chefe da diplomacia americana aparece em segundo lugar na lista deste ano, seguida pela filantropa Melinda Gates, que mantém o terceiro posto do ano passado.

Após ela, aparecem a presidente do Federal Reserve (Fed) de EUA, Janet Yellen, e a conselheira delegada da General Motors, Mary Barra.

Embora tenha perdido três degraus com relação ao ano passado, Dilma aparece em sétimo. Além disso, para a Forbes a presidente brasileira é a mulher latino-americana mais poderosa do mundo, seguida por Cristina Kirchner, que ocupa o posto 16 e pela presidente chilena, Michelle Bachelet, no 27.

No total, a lista inclui oito chefas de Estado e uma monarca, a britânica Elizabeth II, à frente de países com um Produto Interno Bruto combinado de US$ 9,1 trilhões.

A única espanhola na lista é Ana Patricia Botín, presidente do Banco Santander, que aparece no posto 18, após ter se transformado “em uma das executivos bancárias mais poderosas do mundo e a primeira mulher a dirigir uma grande entidade de crédito europeia”, segundo lembra Forbes.

Entre os novos rostos da lista destacam-se os da chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini (36); a primeira-ministra polonesa, Ewa Kopacz, e a cantora Taylor Swift (64), que com 25 anos é a mais jovem.

Quem também aparece novamente na lista é a cantora Beyoncé Knowles, a apresentadora Ellen Degeneres e a atriz Angelina Jolie, enquanto saem outras como Lady Gaga e a modelo Gisele Bündchen.

As colombianas Sofía Vergara (57) e Shakira (81) também aparecem na lista, apesar de perder postos com relação ao ano passado.