Metrô de SP nega que passageiro agredido seja mulher e diz que investigará conduta dos seguranças

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2019 18h18
ReproduçãoCenas de reprodução do vídeo; nele, jovem aparece levando socos e cotoveladas

Na noite desta segunda-feira (08), começou a circular um vídeo nas redes sociais em que uma pessoa aparece sendo agredida por seguranças do Metrô de São Paulo na estação Bresser-Mooca. Inicialmente, veículos de imprensa divulgaram que a vítima era uma mulher. À Jovem Pan, a assessoria de imprensa da empresa, no entanto, negou a informação.

De acordo com a assessoria, a pessoa que aparece no vídeo é, na verdade, um homem. Antes, por meio de um comunicado, havia informado ainda que irá apurar a conduta dos empregados e tomar as providências administrativas necessárias.

Sobre o vídeo

As imagens divulgadas nas redes sociais mostram o jovem em questão levando uma cotovelada e um soco de um segurança. Logo na sequência, outro segurança lança um soco em sua barriga, causando revolta em pessoas que esperavam ao redor.

A vítima estava acompanhando outros rapazes que haviam sido detidos após revista na entrada da estação Bresser-Mooca, na zona leste da capital paulista. Segundo a empresa, o tumulto ocorreu quando um usuário tentou burlar o sistema por várias vezes durante a noite. Ainda de acordo com o Metrô, ele ficou agressivo e teve de ser contido pelos agentes e retirado do sistema. A companhia disse também que outros passageiros “se envolveram no tumulto” durante a ação.

Assista ao vídeo aqui