Michel Temer chega a Moscou em busca de investimentos para o País

  • Por EFE
  • 20/06/2017 09h22 - Atualizado em 29/06/2017 00h48
MOS08 MOSCÚ (RUSIA) 20/6/2017 El presidente brasileño, Michel Temer, (izq), a su llegada a Moscú hoy, 20 de junio de 2017, en una visita de dos días en la que se reunirá con su homólogo ruso, Vladímir Putin, e intentará atraer inversiones en áreas de energía y medio ambiente. EFE/SERGEI CHIRIKOVMichel Temer chega a Moscou - EFE

O presidente Michel Temer chegou nesta terça-feira a Moscou em uma visita de dois dias na qual se reunirá com o dirigente russo, Vladimir Putin, e tentará atrair investimentos em áreas de energia e meio ambiente.

O encontro entre Temer e Putin será realizado na quarta-feira, confirmou o Kremlin.

Nesse mesmo dia, o presidente brasileiro se reunirá também com o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvédev.

Segundo uma nota oficial, os dirigentes da Rússia e do Brasil centrarão a reunião na diversificação e no desenvolvimento da cooperação econômica-comercial entre ambos países.

Também está prevista uma reunião sobre a colaboração cultural e humanitária, bem como a assinatura de uma série de acordos bilaterais ao término das conversas.

“Além disso, (os presidentes) trocarão pontos de vista sobre os principais temas da atualidade regional e internacional”, conclui o comunicado.

Temer chega à Rússia em meio a uma grave crise política.

O chefe de Estado justificou a viagem apesar da crise interna pela necessidade de buscar investimentos que ajudem o Brasil a superar a grave recessão que sofreu nos dois últimos anos e que começou a superar em 2017.

O presidente pretende aproveitar a visita à Rússia, e a posterior viagem à Noruega, para reafirmar seu compromisso com as reformas impulsionadas para sanear as deficitárias contas públicas brasileiras, flexibilizar os regimes trabalhistas e de pensões e incentivar o investimento.

Em Moscou, além de Putin e Medvedev, Temer manterá reuniões com a presidente do Conselho da Federação russa, Valentina Matvienko e com o presidente da Duma de Estado, Vyacheslav Volodin.

Em setembro de 2015, em qualidade de vice-presidente do Brasil, Temer já visitou Moscou, onde junto com o líder russo presidiu a sétima sessão da Comissão Intergovernamental Rússia-Brasil.