Ministro diz que Brasil está pronto para discutir reformas na OMC

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2018 08h29
Agência EFE Presidente e ministro estavam no encontro do BRICS, que também reuniu líderes de Rússia, Índia, China e África do Sul

A declaração de Aloysio Nunes Ferreira, nesta sexta-feira (28), ocorreu pouco antes da cúpula brasileira deixar a África do Sul.

O presidente Michel Temer e o ministro estavam no encontro do BRICS, que também reuniu líderes de Rússia, Índia, China e África do Sul.

O ministro Aloysio Nunes destaca que o Brasil está aberto para discutir mudanças na OMC junto aos Estados Unidos e à União Europeia, e reclamou do bloqueio, por parte dos Estados Unidos, do mecanismo de solução de controvérsias da Organização Mundial do Comércio.

O Canadá se colocou à disposição para sediar a discussão da reforma da OMC.

Representantes dos governos norte-americano e chinês devem ficar de fora do encontro.

Durante discurso no evento do Brics, o presidente Michel Temer aproveitou para pedir mais integração econômica com os países da África. 

Apesar do aceno, Michel Temer deixou a reunião do Brics antes da hora, e não acompanhou uma rodada de discursos de líderes africanos.

O emedebista antecipou a volta ao Brasil para não deixar o presidente do Senado, Eunício Oliveira, inelegível ao entrar no território nacional.

Na declaração final, o Brics alerta para desafios sem precedentes enfrentados pelo comércio global.

O governo brasileiro saiu da cúpula sem o importante acordo para franquear acesso a imagens de satélites nos territórios dos outros países.