Ministro diz que irá doar indenização que deve receber de Monica Iozzi

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2016 15h06
Brasília - O ministro Gilmar Mendes foi eleito hoje (7) o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele vai substituir o atual presidente, Dias Toffoli, a partir de maio (José Cruz/Agência Brasil)Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes garantiu que vai doar a indenização que deverá receber da atriz e apresentadora Monica Iozzi. A equipe de gabinete do magistrado informou que ele costuma adotar este procedimento quando ressarcido por atos de difamação. Neste caso, o presidente do TSE e integrante do STF deverá remeter os R$ 30 mil a uma creche localizada na capital Federal.

A celebridade criticou uma decisão do ministro ao julgar uma ação envolvendo o médico Roger Abdelmassih. A Justiça considerou que Iozzi extrapolou os limites do direito de se expressar ao se referir ao ministro e analisar o assunto nas redes sociais.

As autoridades acreditam que a apresentadora teria imputado e agredido a cumplicidade em um crime de estupro e questionado o caráter dele.