Ministro do Interior da Itália liga para Bolsonaro e agradece pela prisão de Cesare Battisti

  • Por Jovem Pan
  • 14/01/2019 14h31
ALESSANDRO DI MEO - EFEBattisti conseguiu escapar das autoridades e da prisão por mais de 30 anos

O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, ligou para o presidente Jair Bolsonaro para agradecer pela participação do Brasil na extradição do fugitivo Cesare Battisti, condenado por quatro homicídios ocorridos na década de 1970. “Reiterei o enorme agradecimento em nome dos 60 milhões de italianos por ter permitido concluir positivamente o caso Battisti”, disse.

A ligação, segundo o ministro, também deixou evidente a disposição de ambos, Salvini e Bolsonaro, de se encontrarem e discutirem formas de “estreitar os vínculos entre os povos, governos e nossa amizade pessoal”, ressaltou em comunicado de imprensa.

Após mais de 30 anos em fuga, o fugitivo italiano, que havia sido condenado pela morte de quatro pessoas entre os anos de 1977 e 1979, foi preso na Bolívia no último sábado (12). Battisti foi expulso da Bolívia e devolvido ao governo italiano para cumprir sua pena. Ele desembarcou em Roma por volta das 8h desta segunda-feira (14).

O fugitivo e ex-integrante do grupo Proletários Armados pelo Comunismo cumprirá prisão perpétua no seu país de origem.

*com informações do Estadão Conteúdo