Morador de rua morre após ter 70% do corpo queimado enquanto dormia; veja vídeo

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2020 12h55 - Atualizado em 07/01/2020 07h21
ReproduçãoImagens de câmeras que registraram o crime mostram uma pessoa vestida de preto no local da explosão

Um homem de 39 anos, morreu após ser queimado enquanto dormia na Rua Celso de Azevedo Marques, na Mooca, na zona leste de São Paulo, na madrugada do domingo (5). A vítima foi identificada como Carlos Roberto Vieira da Silva.

O homem foi socorrido com queimaduras de segundo e terceiro graus durante a madrugada pelo Corpo de Bombeiros. Ele teve as pernas, costas, tórax e rosto queimados e, apesar de ser socorrido e passar um dia na UTI, não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil investiga se o incêndio foi criminoso. Imagens de câmeras que registraram o crime mostram uma pessoa vestida de preto no local da explosão. Próximo ao rapaz foi encontrado um galão de combustível.

De acordo com a SSP, o caso foi registrado como lesão corporal no 56º DP da Vila Alpina, mas vai ser investigado no 18º DP do Alto da Mooca.