Moradores relatam ‘pandemônio’ em Brumadinho após rompimento de barragem

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2019 15h27 - Atualizado em 25/01/2019 15h39
Reprodução - TwitterBarragem rompeu na manhã desta sexta-feira (25)

O rompimento da barragem em Brumadinho, em Minas Gerais, deixou a cidade em estado de “pandemônio”. É o que diz Genilda Dalabrida, moradora da cidade e dona de um restaurante local. “A cidade está um pandemônio. As pessoas estão muito assustadas”, disse.

A moradora conta que estão acompanhando de perto os resgates e procurando por familiares, amigos e conhecidos. “Você vê pessoas com celular na mão, tentando falar com família”, aponta. Ela própria está procurando pelo marido.

Os moradores estão buscando locais altos para se protegerem. “A preocupação é quem não está lá ir para locais seguros. Minha funcionária foi, voltou, e disse que a água estava baixa. Ela contou que vai para a casa da sogra, em um distrito mais alto”.

O rompimento da barragem

A tragédia aconteceu na tarde desta sexta-feira (25). A Vale, empresa responsável pela barragem, emitiu nota informando a localização da barragem e explicando que não há informações de mortos ou feridos. A barragem fica na região conhecida como Mina do Feijão, próximo a comunidade da Vila Ferteco.

“As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, diz o texto.

*com informações da Agência Brasil